SISU 2017 – O que é? Como Participar? Informações

O Sistema de Seleção Unificada – SiSU – permite o ingresso em universidades federais.

Em duas edições anuais, sempre em janeiro e julho, o SiSU é um processo informatizado para a seleção de estudantes, organizado pelo Ministério da Educação (MEC). Através do SiSU 2017, universidades e faculdades de todo o Brasil classificam candidatos para seus cursos, a partir da nota obtida no ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio.

o que é o sisu

Site do Sisu – O que é?

No primeiro semestre de 2017, mais de 120 instituições de nível superior ofereceram cerca de 220 mil vagas em mais de 3.700 cursos.

Todas as universidades e institutos tecnológicos federais aboliram o vestibular e adotam o SiSU como única forma de seleção. Algumas instituições estaduais também adotam o sistema para selecionar seus novos alunos.

Uma curiosidade: o vestibular tem este nome porque na Idade Média, na Europa, os ingressantes das primeiras universidades não podiam frequentar as mesmas aulas dos estudantes veteranos, por questões de saúde pública – os candidatos provinham de várias regiões e eventualmente portavam doenças e parasitas. Por isto, os calouros permaneciam no vestíbulo, o saguão de entrada das instituições, enquanto eram avaliados pelos bedéis.

O SiSU foi criado em 2010 pelo MEC. Podem participar da seleção todos os estudantes que prestaram o ENEM no ano anterior e não zeraram na redação.

Os candidatos podem optar por dois cursos universitários (em ordem de interesse). Basta fazer o cadastro pela internet, informando número e senha do ENEM. A inscrição SiSU é gratuita. O sistema automaticamente levanta os dados pessoais e as notas obtidas nas provas.

Importante: os alunos selecionados para sua primeira opção de curso, mesmo que não façam a matrícula, são automaticamente retirados da seleção. Quem é selecionado na segunda opção, continua concorrendo à sua primeira escolha para as eventuais vagas remanescentes.

sisu

Para que Serve o Sisu MEC?

Diferentemente dos vestibulares tradicionais, com o SiSU, o aluno primeiramente faz as provas e só depois se candidata aos cursos universitários.

Assim, quem obteve notas baixas no ENEM pode optar por cursos menos concorridos e ampliar suas chances de ingresso. As opções podem ser alteradas durante todo o processo. A cada dia, o sistema informa a classificação.

As instituições que adotam o SiSU podem estipular notas mínimas nas áreas de avaliação (linguagens, redação, matemática, ciências humanas e ciências da natureza), atribuindo pesos diferentes.

Por exemplo, um curso da área de exatas – Engenharia, Física, etc. – pode conferir um valor maior à nota da prova de ciências da natureza, enquanto um curso de Letras pode valorizar as notas de redação e linguagens.

No dia seguinte ao da inscrição, o sistema já informa as notas de corte e a classificação parcial. É preciso acompanhar o sistema diariamente, porque a classificação pode variar de acordo com a inscrição de novos candidatos.

As matrículas devem ser realizadas de acordo com os critérios estabelecidos pelas instituições de nível superior participantes. O SiSU apenas fornece as notas do ENEM e faz a classificação automática, através de recursos informatizados.

As universidades podem, por exemplo, exigir a presença do aluno no campus, ou permitir a matrícula online.


Um comentário em “SISU 2017 – O que é? Como Participar? Informações

  1. Quais são os curso do sisutec para Manaus? Pois as inscrições irão até dia 20 de agosto, mim ajude quero fazer os cursos, pois não aparece nenhuma vaga para Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *